CONVERSE ESCOLAS

“A vida é para quem é corajoso o suficiente para se arriscar e humilde o bastante para aprender.”

– Clarisse Lispector

Fortalecer Educadores e Educadoras, levando conhecimentos técnicos, mas também trabalhando os aspectos sociais e emocionais, visando à construção de relações mais saudáveis dentro do ambiente escolar, entre os profissionais, alunos, alunas e famílias.

Quando falamos em “trabalharem de forma mais saudável as relações” estamos nos referindo a como fazer para que o espaço de relação do (a) Educador (a) seja mais fluído, cuidadoso, amoroso, com menos conflitos, menos desgastes, dentro do seu ambiente de trabalho, tanto com seus pares como com seus alunos e alunas, e também, na relação com as famílias.

Para isto, desenvolvemos algumas propostas que, juntas ou separadas, podem contribuir significativamente para a capacitação e o fortalecimento profissional dos Educadores e Educadoras.

Formação de Facilitadores e Facilitadoras

 “A Facilitação exige não apenas conhecimentos sobre técnicas e dinâmicas para trabalhar com grupos, mas um conhecimento profundo sobre o ser humano.”

Solange Fonseca

Atualmente, são muitos os desafios dos Educadores e Educadoras dentro do ambiente escolar. A velocidade das informações, as inovações, as relações com alunos e alunas, e com as famílias. Desafios que vão além da capacidade e do conhecimento técnico.

Como engajar os alunos e alunas? Como estabelecer relações de respeito e confiança? Como encantar? Como fortalecer a comunicação? Como dar sentido ao que se aprende e ao que se ensina?

Nesta lógica, a Formação de Facilitadores e Facilitadoras busca trazer para estes profissionais novas ferramentas, novas formas, novos métodos de condução, mediação e moderação de grupos. Com um pensamento mais sistêmico, foco no diálogo, nos processos participativos e colaborativos.

Esta Formação é oferecida por módulos e pode ser adequada a realidade de cada Escola!

Workshop de Comunicação Não-Violenta

 “…Se mudarmos a nós mesmos, poderemos mudar o mundo. Essa mudança começará por nossa linguagem e nossos métodos de comunicação.”

Arun Gandhi

A Comunicação Não-Violenta (CNV) vai muito além de uma técnica para nos comunicarmos melhor, ela é uma forma de “olhar” para o mundo, de estar no mundo e de conduzir nossas relações.

Acreditamos que com os aprendizados da CNV, exercitando suas premissas diariamente, podemos mudar nossas relações, saindo do espaço das relações punitivas, corrosivas para o espaço das relações afetuosas, amorosas.

A linguagem tem muito poder, por isso nossa comunicação é tão determinante para a qualidade das nossas relações, sejam elas pessoais ou profissionais, e para tudo que desejamos alcançar em nossas vidas.

Precisamos preparar melhor nossos Educadores e Educadoras para que estes possam se comunicar com mais qualidade, atenção e cuidado e assim, também, transmitirem e multiplicarem esta forma Não-Violenta de se comunicar em todo o ambiente escolar.

O Workshop tem duração de oito horas, mas também oferecemos no formato “pocket” com duração mínima de 03 horas.

Oficina “O Poder da Linguagem”

“No conversar construímos nossa realidade com o outro.”

Humberto Maturana

Nesta Oficina, direcionada a Educadores e Educadoras, trabalhamos a tridimensionalidade do ser: Corpo, Linguagem e Emoções e buscamos fortalecer o reconhecimento do Poder transformador da Linguagem em nosso viver cotidiano.

Compreender como aquilo que falamos e escutamos impacta nossas emoções, nosso corpo e nossas relações e que, assim como somos impactados, seja de forma positiva ou negativa, também impactamos aos outros.

Perceber a força das nossas palavras, praticar a escuta ativa, reconhecer nossas emoções, tudo isto faz com que sejamos observadores mais atentos e cuidadosos das nossas relações.

Educadores e educadoras exercem um papel fundamental e sensível na relação com alunos e alunas, por isso, trabalhar habilidades emocionais e conversacionais é algo essencial para que a escola seja um solo acolhedor onde todos possam crescer e se desenvolver juntos.

A Oficina tem duração de 04 horas, com diversas vivências e práticas de conexão e reflexão.

Vamos Conversar?