Compartilhe esta postagem

Aprimorar a nossa comunicação, conhecer e compreender as nossas emoções, ter clareza dos nossos papéis, do que cada um de nós representa, do significado de estar e de fazer parte do todo.

Todos estes são elementos que contribuem significativamente para que nossas relações sejam mais positivas e menos conflituosas.

E estes foram os grandes desafios que a Escola dos Sonhos nos apresentou para este trabalho.

Num lugar onde as pessoas estão acima de tudo, onde respeitar as diferenças é mais do que um valor é uma forma de vida, onde cada profissional precisa estar em permanente aprendizado sobre si mesmo, enfrentando suas dificuldades pessoais, para superar os desafios diários, ensinar, aprender, inovar e contribuir todos os dias para a construção de uma Escola cada vez melhor .

Nossa jornada com a Escola dos Sonhos começou em 2018 e segue por 2019.

Etapa 1: Realização do Diagnóstico de Percepção.

Etapa 2: Apresentação, debate e reflexões sobre o Diagnóstico de Percepção.

Etapa 3: Oficina “Diversidade de Olhares e União de Saberes – Planejamento Participativo de todas as áreas da Escola.”

Etapa 4 : Oficina Organizacional com as áreas meio da Escola.

Etapa 5: Planejamento Financeiro “A Escola que Sonhamos”.

Etapa 6: Workshop de Comunicação Interpessoal e Fortalecimento da Equipe de Coordenadoras e Direção da Escola.

 

 “O que eu vivi nos dias de trabalho com a Solange e o Filipe foi a chance de parar, refletir e entender que eu posso viver a vida de uma forma mais intensa, verdadeira. A minha história faz parte de quem sou e isso me fortalece. Assim posso aproveitar minhas relações para aprender cada dia uma coisa nova. Nunca vou conseguir explicar o que vivi nestes dias”.

Fernanda Werneck

LEIA TAMBÉM